Como a metodologia de cenários ajuda a tomar decisões em RH

Cenários são como sondas para o futuro. Seu valor está em sensibilizar os executivos para possibilidades que eles dificilmente perceberiam de outra forma. Cenários reduzem as chances de surpresas indesejáveis e capacitam executivos a tomarem melhores decisões, em melhor timing. (Oscar Motomura)

A metodologia de cenários é amplamente aplicada em planejamento estratégico, onde variáveis e circunstâncias futuras são apresentadas para que uma decisão seja tomada com mais propriedade. Em muitos casos costuma-se aplicar pelo menos três perspectivas básicas para algumas variáveis, quais sejam: a pessimista, a otimista e a realista.

Considere por exemplo, se uma empresa de bens de capital está olhando para o seu futuro em cinco anos, uma das variáveis que certamente vai impactar o cenário é a previsão da taxa de crescimento do PIB – Produto Interno Bruto para os próximos cinco anos? O que os especialistas afirmam? Outra variável seria o comportamento projetado para a taxa de juros? Também qual a previsão da taxa de inflação? E assim são criados cenários para o apoiar o processo decisório.

Olhando para a definição de Oscar Motomura, para uma empresa que vai analisar e decidir o seu orçamento de despesas (OPEX) e de investimentos (CAPEX):

– Qual o melhor tempo para decidir o mês próximo, o ano próximo, a safra próxima? Resposta: o tempo no qual se faz o planejamento, antecipadamente é claro.

– Qual a melhor decisão? Aquela que melhor se adequa ao seu plano estratégico, com o menor risco ou pelo menos com riscos conhecidos e gerenciados.

Considerando os recursos humanos, em especial nas empresas com utilização massiva de mão de obra, elaborar o orçamento de pessoal exige esforço, dedicação e habilidades no campo do planejamento.

Afinal, qual é custo de cada colaborador para a empresa considerando variáveis como sindicatos, legislação pertinente, benefícios, horas extras, política de cargos e salários, entre outras? Quais recursos serão necessários para cumprir as metas empresariais com a melhor performance possível? Qual o headcount e custos associados de cada centro de custo? Qual o impacto do custo total no orçamento empresarial?

O cálculo do orçamento de recursos humanos com todas as variáveis envolvidas precisa ser feito com boa taxa de assertividade e exige boa dose de dedicação dos gestores de cada equipe e, depois deles, daquele ou daqueles responsáveis pela consolidação em nível empresarial.

Uma só visão normalmente não será suficiente para apoiar a tomada de decisão. Aí é que entra a metodologia de cenários com a possibilidade de simular situações e circunstâncias, variar quantidades, cargos, contratações, criar ou não um novo turno de produção e qual a melhor data para isso, como atender períodos de sazonalidade operacional.

Como criar e principalmente como calcular cada um dos cenários envolvidos? Na maioria dos casos utiliza-se a boa e sempre presente planilha eletrônica, o que por vezes, exige habilidades avançadas no manuseio delas para vincular fontes de dados, gerar e guardar versões, administrar links e fórmulas e condicionantes.

Para apoiar a solução dessas questões uma plataforma sistêmica foi criada: HRPlan – Human Resources Planning.

Com ela, o processo é automatizado digitalmente, tudo fica no banco de dados e seus usuários podem criar os mais variados cenários e ainda versões para cada cenário em análise. Modificações e simulações são rapidamente configuradas e um novo cálculo é feito de forma rápida e precisa.

Dados de custos por cargos, centros de custo, conta contábil, tipos e verba, enfim, uma gama já pronta de análises automaticamente disponíveis para dar suporte ao processo de decisão.

Acesse a plataforma e faça seu teste grátis. Uma assistente virtual irá apoiá-lo. Se preferir solicite uma apresentação pelo e-mail contato@itpowerbr.com.br ou Whats App 16992412811.

Para acessar a plataforma use http://portal.ancora.inf.br:8083/apex/f?p=107

Outros materiais sobre planejamento e planejamento de recursos humanos em nosso blog https://www.brxsoftware.com.br/blog

By Celso Furlan

Maio/2019